Reflexões

O cotidiano traz idéias pouco comuns, ou convencionais sobre como lemos, interpretamos e interagimos com o mundo.

reformaÉ difícil me definir. Pra alguns poderei ser o nerd, o cristão, para outros um geek, o menino da TI, quem sabe não serei o rapaz da academia pra alguém e para tantos outros o marido da Cris ou pai da Bibi.

Eu sou, sem dúvida, tudo isto mas, nem de longe, só isso.

Estou a todo momento revendo conceitos. Às vezes, um paradoxo é a opção entre o que é certo e o que é melhor. O melhor é mais vantajoso, ao menos no curto prazo, mas o certo é atemporal. Aquilo que é melhor hoje pode se mostrar um desastre no futuro enquanto que aquilo que é certo tem uma leitura holística do passado, presente e futuro. Eu procuro escolher o certo e pago o preço que a decisão carrega consigo.

 Eu gosto de histórias de heróis. E amo particularmente histórias de origem porque nelas é possível encontrar a motivação das personagens e como tudo dá errado até tudo terminar bem ou ao menos melhor. Eu simplesmente curto mais esse contexto que a pancadaria em si. Acho incrível como alguns artistas conseguem narrar a queda de uma folha de uma forma tão rica e singela que torna este evento algo especial. Outros por outro lado soltam uma bomba atômica em Paris e não conseguem me alcançar.

O vídeo acima remonta o senso comum do significado de igreja e transcende para uma perspectiva singular. Nunca é demais lembrar.

Page Hierarchy: Reflexões